domingo, 9 de março de 2014

Segunda sem carne: o que é, de onde vem, pra onde vai.


A Pri Matz pediu para eu explicar um pouquinho mais sobre o projeto #segundasemcarne. Além de adorar a sugestão, é uma boa oportunidade pra envolver vocês nesse projeto tão bacana! Estou tão empolgada que quando bati o olho nesse livro, já quis, na mesma hora: com prefácio de Paul, Stella e Mary McCartney (e um veggie burger suculento na capa), como resistir? 



Antes de mais nada: eu não sou vegetariana. A maioria das minhas receitas realmente não leva nenhuma carne porque eu não tenho sentido falta. Conversando com uma amiga, chegamos à conclusão de que por motivos culturais, a maioria das pessoas acha que sem carne, "o prato não fica completo". Por exemplo: arroz, feijão, bife e batata frita. Porquê não substituir o bife (e a batata frita) por brócolis, couve, lentilha, grão de bico, um montão de salada verde e tantos outros legumes maravilhosos? 
Pra mim, além de deixar "o prato completo", ainda evita aquela lombeira incontrolável pós almoço... #soudessas
A primeira vez em que li algo sobre a segunda sem carne (#meatlessmonday) foi no Facebook, onde o projeto tem uma página própria. Eu, que já andava comendo cada vez menos carne, achei a ideia excelente e resolvi aderir. 
Apesar de vocês entenderem isso numa boa, faço questão de dizer que como cada vez menos CARNE, e não proteína - que não está presente apenas na carne, mas em diversos alimentos. Aliás, como pouquíssima carne e deixei de consumir ovos e leite (com acompanhamento nutricional, óbvio). 
Ao contrário do que imaginei, não tenho me sentido fraca ou cansada - ao contrário, tenho mais energia, parei de tombar depois do almoço e durmo melhor à noite. Então, vamos ao projeto? 

Em 2003, por iniciativa do publicitário aposentado Sid Lerner em parceria com a Johns Hopkins School for Public Health surgiu o Meatless Monday, um projeto para incentivar as pessoas a consumirem menos carne e fazerem escolhas mais saudáveis, incluindo verduras e legumes nos pratos.
E porquê segunda? Por ser o dia da semana em que a maioria das pessoas começa algo novo... uma dieta, por exemplo! Segunda é tradicionalmente reconhecida como o início de hábitos saudáveis, daí o lema "Monday: the day all health breaks loose". como não amar? 



Em 2009, após ler um alarmante Relatório* da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO - Food and Agriculture) de 2006, Paul McCartney  - e família - resolveram aderir à iniciativa, e se tornaram os gestores da campanha no Reino Unido, a Meat Free Mondays



De acordo com eles, os dados alarmantes sobre o aumento no consumo de carne diretamente relacionado à emissão de CO2 (gás carbônico), CH4 (gás metano - sim, o pum!) e o N20 (óxido nitroso) e consumo excessivo de água para manutenção das fazendas de gado (bem como o desmatamento de florestas para - pasmem - criação de pasto) levou à necessidade de reflexão e consciência sobre a necessidade de se buscar uma solução para o planeta. 

De acordo com a organização, se toda a população mundial deixasse de comer carne UM dia na semana, os efeitos benéficos para a saúde, o meio ambiente e o planeta seriam gigantescos. Sabe trabalho de formiguinha? Imagina todas as formiguinhas do mundo fazendo um trabalho pequenininho (limando um alimento de um dia na semana) - isso é muita coisa, a gente tem potencial pra mudar o mundo, é só fazer escolhas. <3

"One day a week can make a world of difference.
Together we can have a huge impact!"

No Brasil, a campanha surgiu em outubro de 2009, em parceria com a Sociedade Vegetariana Brasileira. Apesar de pouquíssimo divulgada (compreensível, os comerciais de carne com artistas de apelo popular não param de pipocar pelas tevês na hora em que o povo assiste novela), alguns municípios brasileiros já aderiram à iniciativa! Niterói, por exemplo, já formalizou sua adesão ao projeto.

Pra quem come fora de casa e quiser aderir ao projeto, aqui tem alguns guias (RJ) de restaurantes vegetarianos (meu preferido no Centro do RJ é o Bardana, delicioso!):

E você, carnívoro de carteirinha, não precisa abolir a carne da sua vida, mas custa ficar um diazinho da semana sem ela? Prometo me esforçar mais ainda nas criações, e prevejo receitas mais bacanas para nossa #segundasemcarne. E lembrando que amanhã é segundona, larga esse churrasco aí e mentaliza o cardápio de amanhã com receitas bacanas que já postei (amanhã tem mais uma novinha!):


*Você encontra o Relatório disponível nesse link:
http://www.fao.org/ag/magazine/0612sp1.htm



Um comentário:

  1. desejei muito esse livro!!!!!!!!
    e obrigada sualinda por me citar, bjs

    ResponderExcluir